24 de abr de 2011


Viajar, viajar e viajar

Não é a toa que me chamo BÁRBARA, a ESTRANGEIRA. Desde que me conheço por gente, tenho este desejo muito grande, de sair, de explorar, de mudar, mudar sempre! Quem me conhece sabe que basta ficar um mês sem falar comigo que já estou cheia de novidades. Sou assim mesmo, uma exploradora..

Desde que sai de casa, aos dezoito anos, para ir morar em Sta Catarina, percebi que ali começava uma nova jornada na minha vida, uma jornada que não teria um fim ali muito próximo não, seria apenas o começo de uma vida dedicada a buscar o melhor lugar para se viver.

Hoje já estou na minha terceira cidade, São Paulo. Confesso que nunca imaginei em morar num lugar assim, caótico, estressante, nervoso. Mas enfim, mesmo um grande explorador as vezes tem que se deixar levar pelas oportunidades. E esta temporada já me rendeu bons frutos, tanto de trabalho quanto de pessoas. Só tenho a agradecer à terra da garoa.

Ok, mas agora é lançado o desafio. Vou passar seis meses na Índia, a partir de final de maio de 2011. A viagem começa por Coimbature, onde vou fazer um curso de Yoga e Ayurveda, depois sigo para o norte, Rishkesh, viver em um ashram, respirando a cultura, a disciplina e o estudo do Yoga.

Como uma boa exploradora não sei se depois do curso vai ser exatamente assim! Aceito sugestões viu amigos yoguins! Puna, Varanasi, Kanuur... vou deixar a Índia me guiar, vou ouvir a voz do meu coração, ficar atenta aos sinas e deixar fluir! Afinal, estou sempre buscando o novo, o desconhecido! Vamos ver o que acontece!

Aguardem cenas dos próximos capítulos!

3 comentários:

  1. UAAAUUU Ba, que demais,que todos os deuses te acompanhem te guiem e iluminem!!! Beijos

    ResponderExcluir
  2. Obrigado querida!!! Estou levando um montão deles no meu coração!

    ResponderExcluir
  3. Que máximo!

    Tô adorando teu blogs.

    ResponderExcluir