25 de abr de 2011


Como é dificil fazer escolhas!

Vamos falar aqui de um tipo bem especifico de escolha: daquilo que é saudável e nos nutre, e daquilo que só nos deixa mais e mais letárgicos. Falemos sobre alimentação.

Estamos repletos de noticias e informações sobre qual é a melhor alimentação para o nosso tipo físico, seguindo os princípios do Ayurveda. E em contra partida, temos a informação daquilo que não é muito recomendado, que contém substâncias que serão dificilmente digeridas; e mesmo assim, com tudo isso a nossa disposição, muitas vezes fazemos a escolha errada, e segundos depois, vem aquela perguntinha clássica: Porque eu fui comer isso?

Minha teoria número um, traz um princípío do Ayurveda que se chama Prajnaparada que está próximo da má compreensão, das más escolhas, do mau uso dos sentidos. Quando estamos agindo sobre a guiança do prajnaparada, é difícil saber escolher o que nos faz bem.

Mas eu lanço outra dúvida no ar. Não seria apego? Um apego profundo do nosso ser aos nossos velhos hábitos. Todos sabemos que mudar não é nada fácil, temos que enfrentar um mundarel de gente que sempre vai te questionar, achar que você ficou maluco, fanático, ou está sob o efeito de alguma droga psicotrópica; mas não, você somente optou por abrir mão do prazer e da satisfação do alimento, para poder usufruir deste mesmo prazer, de uma outra forma, muita vezes elevada na escala mil de prazer!

Enfim, fazer escolhas não é fácil, e podem ocorrer deslizes, lógico, mas o importante é nos mantermos firmes na proposta, e quanto menos apegados, melhor!

Nenhum comentário:

Postar um comentário